Idaf começa a funcionar no Centro de Vitória

A sede administrativa do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) passou a funcionar no Centro de Vitória. A iniciativa contribui para o projeto de Constituição do Núcleo Administrativo do Governo na região central da Capital. A autarquia, assim como a Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh), está acomodada no imóvel que abrigava a antiga C&A, no Edifício Trade Center.

Com a mudança, Idaf e Agerh deixaram o imóvel localizado na Mata da Praia, passando a atender no Centro de Vitória. O imóvel para onde houve a mudança tem área de 4.093 metros quadrados e abrigará, ao todo, 257 servidores das duas autarquias. A transferência para a região reduzirá em R$ 857 mil, por ano, os gastos com aluguel das sedes. A ação representa também a valorização do centro histórico da cidade.

“Os principais motivos para a transferência de órgãos e autarquias para o Centro são proporcionar uma melhor integração entre as repartições estaduais, reduzir custos de aluguel, contribuir para a revitalização do bairro e facilitar o acesso dos cidadãos aos serviços públicos”, destacou a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro.

Para o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, além da mudança contribuir com o projeto de revitalização do Centro, o valor economizado poderá ser aplicado em outras áreas relacionadas às atividades do Instituto. “Ainda estamos concluindo a etapa de mudança, mas, como muitos serviços foram digitalizados por conta da pandemia, o atendimento não será prejudicado”, disse o diretor.

PRÓXIMAS TRANSFERÊNCIAS – Além da Agerh e do Idaf, serão transferidas para o Centro de Vitória a Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), a Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Vitória e o Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES).

Atualmente, a Sedurb está alocada no centro empresarial de um shopping, na Praia da Costa, em Vila Velha. A pasta ocupará dois andares do Edifício Ames, localizado na Rua Alberto Oliveira Santos. O espaço está sendo reformado pelo locador, para adequá-lo ao recebimento de 96 servidores, e tem previsão de entrega para agosto deste ano. Após a mudança de sede, a secretaria terá economia anual de R$ 280.635,72 com custos de aluguel.

A Ciretran Vitória, que conta com 43 profissionais, realizará atendimento ao público num prédio de 1.816,80 metros quadrados, localizado na Rua Henrique de Novaes, com acesso também pela Avenida Princesa Isabel. A transferência está prevista para julho deste ano e proporcionará redução de mais de meio milhão de reais por ano de gastos com aluguel.

Já o Procon-ES sairá do espaço alugado e ocupará um prédio próprio, localizado na Avenida Jerônimo Monteiro. O novo imóvel conta com 14 pavimentos, quatro elevadores, salas para treinamento, espaço de convivência, auditório, vagas de garagem, bicicletário e acessibilidade. As obras de reforma da edificação serão iniciadas em julho e a mudança de sede deve acontecer até dezembro deste ano. Com a mudança de sede, o Procon economizará mais de R$ 180 mil ao ano, pois não terá mais gastos com aluguel e condomínio.

Fonte: Idaf

Últimas notícias

Conab destaca tomates mais baratos e aumento da exportação de frutas

Foto: Juliana Bencke/Folha do Mate O clima de festas de Natal e Ano ...

Setor de flores em vasos cresceu em 2020 devido à pandemia

O mercado de plantas e flores foi um pouco diferente em 2020, pois ...

Programa de melhoramento de amendoim celebra 20 anos de atuação

O Programa Pró-Amendoim, que monitora a segurança alimentar dos produtos derivados do amendoim, ...

Chuva forte chega ao Sul e nuvens carregadas avançam pelo Brasil

Foto: Julio Huber Uma frente fria avança pelo oceano acompanhada de um sistema ...

Mapa descarta mais de 41 mil garrafas de azeite de oliva adulterado

Análises laboratoriais constataram presença de óleo de soja, corantes e aromatizantes nos produtos ...