Idaf e Ufes firmam parceria para análise de dados e produção de material científico

Centenas de dados são gerados a partir das ações do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf). Ciente disso, a Subgerência de Epidemiologia e Análise de Risco (SEAR) do Instituto propôs uma parceria com o curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O acordo visa à análise epidemiológica dos dados de notificações das doenças em animais realizadas pelo Idaf.

De acordo com o diretor-presidente do Instituto, Mário Louzada, essa união entre as instituições é fundamental. “Precisamos unir os conhecimentos disponíveis e agregar valor ao trabalho que ambos desenvolvem. Os dados de que o Idaf dispõe a partir de vistorias, inquéritos epidemiológicos e monitoramentos, além de atendimento às notificações de suspeitas de doenças nos animais, entre outros, poderão ser trabalhados pela Universidade e direcionados para ações estratégicas de vigilância em saúde animal no estado”, explicou Louzada.

A subgerente da SEAR, Luciana Zetun, informou que, por meio do Sistema Brasileiro de Vigilância e Emergências Veterinárias (e-Sisbravet), são compiladas informações sobre notificação e ocorrência de doenças, como raiva, Anemia Infecciosa Equina (AIE), mormo, Febre do Nilo, tuberculose e brucelose. “O estudo desses dados certamente contribuirá para melhor planejamento, execução e avaliação das ações de prevenção, controle e tratamento das doenças, bem como para estabelecer prioridades”, destacou Luciana Zetun.

O professor Dirlei Molinari Donatele, do Departamento de Medicina Veterinária, do Centro de Ciências Agrárias e Engenharias (CCAE) da Ufes, destacou que esses materiais são valiosos e certamente contribuirão para um apoio estratégico nas ações de vigilância animal, além de serem fonte importante para a produção de material científico e didático. “Poderemos subsidiar, por exemplo, a divulgação de boletins epidemiológicos e o direcionamento das ações estratégicas nesse segmento. Acredito que essa parceria será fundamental nesse processo, além de estreitar o relacionamento entre instituições que caminham com objetivos complementares”, pontuou Donatele.

Fonte: Idaf-es

Últimas notícias

Incaper lança revista sobre Indicações Geográficas e Certificação na Agropecuária Capixaba

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) lançou a ...

Açúcar: demanda fraca pressiona cotação do cristal

Os preços do açúcar cristal recuaram no mercado paulista, enquanto as negociações estiveram ...

Brasil bate recorde histórico em exportação de frutas em 2021

A demanda internacional aquecida, o clima favorável para a produtividade, a qualidade dos ...

Café solúvel quebra de recordes em 2021 e exporta para 98 países

Em mais um ano marcado pelo agravamento da pandemia mundial da Covid-19, que ...

Produtores rurais afetados pela alta temperatura e estiagem recebem orientação em SP

A Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) está ...