Laticínios Porto Alegre confirma investimentos de R$ 45 milhões no Espírito Santo

Na próxima semana, a empresa pretende começar as obras de terraplanagem da área de instalação, com expectativa de que as atividades de operação tenham início nos próximos 12 meses

A empresa mineira Laticínios Porto Alegre confirmou investimentos da ordem de R$ 45 milhões no Espírito Santo, durante videoconferência realizada na manhã desta terça-feira (05), com o governador Renato Casagrande e representantes da Secretaria de Desenvolvimento (Sedes). A fábrica, que já obteve a Licença de Implantação, será instalada no município de Rio Novo do Sul, no sul capixaba. No local, serão realizadas diversas atividades de industrialização do leite, incluindo beneficiamento, pasteurização e produção de leite em pó e queijaria.

O governador Casagrande ressaltou a importância do investimento para a economia capixaba. “É uma alegria em receber a Laticínios Porto Alegre em nosso Estado. Essa reunião virtual consolida a chegada da empresa e, em breve, as obras começam gerando empregos aos capixabas. Nesse momento de pandemia, em que a economia se retrai, é importante termos empreendimentos mostrando que a vida segue e que iremos atravessar esse momento que ninguém imaginou enfrentar”, afirmou.

Atualmente, a Laticínios Porto Alegre conta com 440 produtores de leite locais cadastrados, que garantem a captação diária de 100 mil litros do produto. A expectativa é de que esse número seja ampliado para 800 produtores até o ano que vem.

De acordo com o presidente da empresa, João Lúcio Carneiro, pelo menos 120 empregos diretos e 100 indiretos deverão ser gerados com as atividades de produção.

Foto: Hélio Filho/Secom

“A divulgação das vagas será realizada pela empresa em momento oportuno, pois queremos evitar aglomerações neste momento. Vamos priorizar a mão de obra local, com aproveitamento de muitos profissionais que já estarão trabalhando nesta fase inicial de implantação da fábrica”, explicou.

Carneiro também destacou as características que contribuíram para a escolha do Espírito Santo pela empresa. “Tivemos uma receptividade muito grande no Estado. Notamos que o Espírito Santo possui uma integração muito grande entre todos os seus órgãos, que trabalham para o bem comum e isso é muito positivo. Para nós, foi um grande diferencial e o Estado está de parabéns”, declarou.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, pontuou a importância do empreendimento para o desenvolvimento regional do Estado. “Estamos realizando um trabalho muito forte para melhorar o equilíbrio das regiões capixabas e ficamos muito felizes com a decisão da empresa em operar no sul do Estado. Trata-se de uma indústria que vai fortalecer e movimentar toda a cadeia produtiva leiteira local, além de beneficiar pequenos produtores e a economia familiar”, enumerou.

Já o prefeito de Rio Novo do Sul, Thiago Fiorio, também apontou os esforços realizados para a atração dos investimentos e os benefícios para os trabalhadores locais. “Executamos um trabalho técnico de convencimento dos empresários e ficamos muito satisfeitos de que tenham acreditado na idoneidade do município para o recebimento desta indústria. Estamos à disposição para auxiliar no que for necessário e futuramente vamos buscar uma parceria com o Governo do Estado para capacitação da mão de obra local para que seja absorvida junto à indústria”, disse.

Também participaram da videoconferência o subsecretário de Estado de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais da Secretaria da Sedes, Gabriel Feitosa, e o gerente comercial da Laticínios Porto Alegre no Espírito Santo, Marcelo Fialho.

Fonte: Governo do Estado do Espírito Santo

Últimas notícias

Mais de 50 soluções tecnológicas disponíveis para o agro em 2021

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio ...

Autorizada exportação de ovos in natura para Argentina e Chile

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) celebrou a dupla autorização de exportações ...

Clima impacta produção da safra verão/21 e especialista aponta como se proteger de mudanças climáticas

A irregularidade das precipitações nos meses de outubro e novembro marcou o início ...

Brasil exporta 11 milhões de sacas de café no primeiro trimestre de 2021

Volume embarcado apresenta evolução de 10,4% no ano civil e aponta para quebra ...

Exportação de solúvel cresce 9,2% na comparação com março de 2020

De acordo com levantamento mensal realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Café ...