Mais pontos de paradas para caminhoneiros são certificados

O Ministério da Infraestrutura certificou mais nove postos de combustível como pontos de parada e descanso de caminhoneiros, os chamados “PPDs”. Em março, 12 estabelecimentos já haviam sido certificados. Apesar da existência desses pontos ser prevista desde 2015, o reconhecimento oficial dos estabelecimentos começou neste ano.

A certificação dos PPDs foi uma das demandas de motoristas durante a greve dos caminhoneiros em 2018. A lista e localização dos estabelecimentos está disponível na Portaria nº 1.640, de 3 de agosto de 2020.

Para que um estabelecimento seja certificado, ele precisa cumprir uma série de requisitos para garantir o conforto e a tranquilidade dos motoristas na hora de fazer a pausa. Primeiro, precisa de alvará de funcionamento. Outros requisitos são: banheiros divididos por sexo, com gabinetes individuais com trava, cesta de lixo e papel higiênico, pia e papel toalha e chuveiros com água quente. Não é permitido que os sanitários sejam substituídos por banheiros químicos. Os chuveiros precisam ter suporte para sabonete e para toalha. 

Também é necessário que os PPDs tenham um ambiente para refeições limpo com mesas e cadeiras, além de acesso fácil e gratuito à água potável. Além disso, o local de repouso e descanso, onde os caminhões ficam estacionados, precisa obrigatoriamente ter vigilância ou monitoramento eletrônico.

Fonte: Brasil 61

Últimas notícias

Sustentabilidade no agronegócio é tema de webinar

Nesta quarta-feira (23), o Webinar BW TALKS recebe dois especialistas no agronegócio para tratar da ...

Agrofloresta diversifica produção e gera mais renda para a Agricultura Familiar

Sistema permite colheita o ano todo de diferentes culturas alimentares, enquanto produtor aguarda ...

Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha abre inscrições para as provas de velocidade

Haras Raphaela, em Tietê (SP), sediará competições do Quarto de Milha em quatro ...

Brasil exporta primeira carga de melão para China após acordo bilateral

Esta é a primeira fruta fresca brasileira exportada para o mercado chinês A ...

Edição 2020 da Corrida e Caminhada do Café será virtual

Atletas podem enviar registros de corridas em qualquer lugar para a organização do ...