Mandioca: moagem na indústria de fécula diminui 37%

Os agricultores que dispõem de lavouras de mandioca com mais de um ciclo, inclusive acima de 24 meses, continuam intensificando a colheita. Segundo colaboradores do Cepea, esta é a matéria-prima que tem suprido a demanda industrial, mas que, em condições normais de mercado, não seria suficiente para atender à necessidade total.

Por conta da baixa procura por derivados, parte da indústria diminuiu ainda mais o ritmo de moagem nos últimos dias, chegando até mesmo a interromper as atividades. Além disso, devido ao feriado na sexta-feira, 10, houve também uma redução de dias trabalhados.

Como resultado, a quantidade de raízes processadas por fecularias recuou 37%, somando 27,8 mil toneladas. Quanto aos preços, entre 6 e 9 de abril, a média nominal a prazo para a tonelada posta fecularia foi de R$ 365,71 (R$ 0,6360 por grama de amido), baixa de 2,5% frente à do período anterior.

Fonte: Cepea

Últimas notícias

Cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivos para mulheres

Registro de ação do projeto “Mulheres do Cacau” com produtoras rurais As mulheres estão ...

Mapa destrói 58 mil garrafas de azeite de oliva fraudado

Foi a maior apreensão já realizada pelo Ministério da Agricultura no país desde ...

Campanha pretende estimula consumo do produto no país

Tema foi debatido durante reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite ...

Conab afirma que clima prejudica oferta de hortaliças e frutas no país

Quem procura preços baixos no atacado terá que aguardar mais um pouco até ...

Congresso Brasil-Alemanha de Inovação acolhe também o tema de sustentabilidade

Um dos eventos mais tradicionais do ecossistema brasileiro de inovação e o maior ...