Maturação tardia reduzirá projeção do café para 57 milhões de sacas, segundo AgroEasy

O Consórcio Pesquisa do Café divulgou relatório da safra de café deste ano, com base em levantamento de janeiro, e deixou uma porta aberta para revisões. E esta deverá ocorrer na produção projetada anteriormente.

De 60 milhões de sacas, ao menos até julho a estimativa deverá ser cortada para 57 milhões, acredita Jânio Zeferino, analista.

“A maturação está atrasada pelas chuvas e ainda não se sabe como as árvores vão se comportar o inverno”, diz o CEO da AgroEasy.

Oficialmente a colheita começa o mês que vem. Ainda assim seria uma safra boa, de colheita tardia, e com risco de amadurecimento de uma vez que propicie “muito café de chão, prejudicando a qualidade”.

Pelas informações divulgadas, o tipo arábica sairá com 45 milhões de sacas.

Os outros dados do Consórcio, liderado pela Embrapa Café, falam em produtividade média de 30 sacas do arábica e de 40 do tipo robusta – ambas que devem cair também – num total de 1,885 milhão de hectares, respectivamente 1,514 milhão/ha e 371,1 mil.

Fonte: Money Times

Últimas notícias

Sescoop/ES comemora 21 anos promovendo ações em prol das cooperativas capixabas

Organização crucial para a elevação dos índices de profissionalização e de gestão das ...

Capixaba é eleito influenciador do cooperativismo brasileiro

O Prêmio Somoscoop divulgou os finalistas em cerimônia virtual O deputado federal Evair ...

Abacaxis produzidos no Espírito Santo são distribuídos a hospital

Funcionários do viveiro, extensionista do Incaper e representantes da Secretaria de Agricultura de ...

Nova cultivar de feijão carioca de alta produtividade é lançada

Foto: Sebastião Araújo/Embrapa O Brasil é um dos principais produtores e consumidores de ...

Seguro rural de florestas será avaliado em videoconferência do Mapa

Evento virtual Monitor do Seguro Rural será no dia 27 de novembro O ...