Navio de Hong Kong faz o maior transporte de açúcar do Brasil

A Copersucar, maior comercializadora de açúcar e etanol do mundo, atingiu uma marca inédita ao realizar carregamento recorde em um único navio em seus 23 anos de terminal, registrando o maior transporte marítimo do Brasil em açúcar a granel. Construído em 2020, o navio graneleiro Cape Town com bandeira de Hong Kong, partiu de Santos para a China, na última semana, com mais de 108.900 mil toneladas do produto, volume suficiente para encher cerca de 2.870 caminhões.

A embarcação possui comprimento total de 254,96 metros e largura de 43,05 metros. Foram necessários três dias para carregá-lo por completo. O último recorde também aconteceu neste mês de agosto, no qual o navio Baby Hércules, com bandeira do Panamá e destino à China, embarcou com volume total de 99.593 mil toneladas. Para prestigiar esta nova marca, a saída do Cape Town do Porto de Santos foi acompanhada pelo Prefeito Rogério Santos.

Localizado na cidade de Santos, o TAC, terminal da companhia, possui capacidade para embarque de 8,4 milhões de toneladas por ano. Para armazenamento, são três galpões, totalizando 300 mil toneladas de açúcar. Além disso, a Copersucar possui outros dois terminais no interior de São Paulo, nas cidades de Ribeirão Preto, com capacidade de movimentação de um milhão de toneladas por ano, e São José do Rio Preto, com capacidade para 700 mil toneladas.

“Esta operação representa um marco importante para o nosso terminal, um embarque de sucesso que comprova a nossa constante melhoria e crescimento, que nos coloca em um novo patamar. Conseguimos concluí-la com segurança porque todos estavam envolvidos com empenho e a partir desta, poderemos realizar outras ações deste porte” ressalta Rodrigo Lima, gerente executivo de operações da Copersucar.

MAIS MELHORIAS – Além da saída do navio, a data marcou também o Prêmio SOU SIM, evento interno da Copersucar que reconhece os melhores kaizens – termo utilizado para determinar as melhorias realizadas no dia a dia da operação e que trazem benefícios para as atividades e processos da empresa. Os kaizens são desenvolvidos pelas equipes dos terminais de Santos, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e dos colaboradores da Sede, durante as safras.

O evento é transmitido de maneira on-line para colaboradores e familiares. São 17 grupos divididos nas categorias, Geral e SSMA (Saúde, Segurança e Meio Ambiente). A avaliação é feita por cinco jurados e os critérios envolvem o impacto do problema, a solução proposta, os resultados obtidos, criatividade e clareza na apresentação. O prêmio abre diálogo entre as equipes, desenvolvendo uma rede de ideias e estratégias para a implementação de melhorias.

Fonte: Copersucar

Últimas notícias

Lançamento da Ruraltures será nesta quinta-feira (07) em Venda Nova do Imigrante

Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem O Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau promoverá, amanhã ...

Sistema Cantareira opera em estado de alerta

Os últimos dias acenderam um alerta para o nível dos reservatórios que abastecem ...

Jovens agricultores participam de curso sobre formação de lideranças

Um dos pilares da Coordenadora Latino-americana e do Caribe de Pequenos Produtores e ...

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...