No Dia do Avicultor, setor celebra projeções positivas para 2020

Em meio a um dos momentos mais desafiadores da história da indústria de alimentos mundial, os avicultores de todo o Brasil celebram hoje o Dia do Avicultor, que é hoje (28), com boas perspectivas, de acordo com o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin.

Conforme levantamentos e perspectivas da ABPA, a produção de carne de frango poderá alcançar em torno de 13,7 milhões de toneladas em 2020, número 3% a 4% maior em relação às 13,245 milhões de toneladas de 2019. No mercado interno, os níveis de consumo também deverão crescer. As projeções indicam elevação de 2,5%, com total de 43,9 quilos per capita neste ano.

Seguindo o fluxo positivo, as exportações do setor, impulsionadas pelas vendas para a Ásia, também devem crescer em patamares equivalentes, entre 3% e 5%, alcançando até 4,45 milhões de toneladas (equivalente a 35% das exportações globais). Somente neste ano foram exportadas 988,3 mil toneladas para a região asiática entre janeiro e julho, número 12,7% superior ao realizado no mesmo período de 2019, com 876,8 mil toneladas. Ao todo, o Brasil já exportou entre janeiro a julho 2,471 milhões de toneladas em 2020, contra 2,458 milhões de toneladas em 2019, mantendo a alta positiva de 0,5%.

OVOS – No setor de ovos, as previsões também são otimistas. Com crescimento estimado superior a 8% na produção, o setor de postura do Brasil deverá alcançar 53 bilhões de unidades em 2020 – um recorde histórico.  Outro recorde está previsto no consumo interno: a média per capita do Brasil deverá chegar a 250 unidades, cerca de 20 ovos acima da média mundial – outro feito histórico.

“Graças à competência e dedicação de nossos avicultores, somos referência mundial em qualidade, status sanitário, sustentabilidade e produtividade, o que nos permite liderar as exportações mundiais de carne de frango e ocupar posição de destaque na produção de ovos, com mais de 1,3 mil unidades produzidas por segundo. Profissional altamente especializado pautado pelos cuidados em biosseguridade, o avicultor não enfrentou dificuldades para adaptar sua produção aos cuidados necessários em meio à pandemia. Por isto, queremos parabenizar todas as mais de 120 mil famílias de pequenos produtores em todo o Brasil pelo seu dia. São brasileiros que não medem esforços em prol da saúde e da segurança alimentar de milhões de família em todo o mundo”, avalia Santin.

A ABPA é a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega mais de 140 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 8 bilhões.

Fonte: ABPA

Últimas notícias

Idaf tem trabalho aprovado em Encontro Capixaba de Pesquisa em Educação Ambiental

O encontro é organizado pela Ufes em parceria com o Iema O Instituto ...

Ifes abre inscrições para mestrado em Agroecologia

São ofertadas 12 vagas e o início das aulas está previsto para março ...

Laboratório de aquicultura marinha fortalecerá pesquisas no país

Visão em 3D do projeto do Lapimar Foram reiniciadas, esta semana, as obras ...

Brasil registra 31 defensivos agrícolas genéricos, com quatro produtos biológicos

Com a publicação, 2020 soma 60 produtos de baixo impacto registrados. Esse é ...

ATENÇÃO: chuva forte e rajadas de vento atingem a Grande Vitória e municípios do interior capixaba

A chuva forte prevista pela Coordenação de Meteorologia do Instituto Capixaba de Pesquisa, ...