Oeste da Bahia vai ampliar cultivo de cereais e pode ajudar autossuficiência do Brasil

A triticultura da região oeste da Bahia pode contribuir na busca por autossuficiência do Brasil no cultivo de cereal. Isso se deve ao potencial de expansão, de no mínimo 20 mil hectares, da área plantada para os próximos anos com o uso de tecnologias de manejo e de variedades atuais.

 Atualmente, das cerca de 12 milhões de toneladas consumidas internamente, apenas seis milhões de toneladas devem ser produzidas no Brasil neste ano, de acordo com estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O oeste baiano faz parte do Matopiba, uma grande fronteira agrícola nacional que integra o Cerrado do Maranhão, do Tocantins, do Piauí e da Bahia, e é responsável por grande parte da produção nacional de grãos como soja, milho e fibras como o algodão.

Segundo estimativas da Conab, a área plantada com trigo na Bahia em 2020 ainda é pequena, com cerca de 3 mil hectares, mas representa quase a totalidade na região oeste. Pesquisadores acreditam que a área possa alcançar rapidamente 20 mil hectares nos próximos anos.

Fonte: Brasil 61

Últimas notícias

Produção de queijos é a segunda maior em agroindústrias do Espírito Santo

A produção de queijos está entre as modalidades mais lucrativas para a agricultura ...

Cooperativa cria moeda digital para troca de café por mercadorias

Empresa adotou o Dynamics para o gerenciamento do Coffee Coin, bem como para ...

Capixabas investem em negócios inusitados e conquistam mercado internacional

Criada pelo empreendedor André Scampini, a aguardente Cacahuatl já teve amostras enviadas para ...

Cafés especiais proporcionam experiências sensoriais aos consumidores

Os amantes de café sabem que a bebida pode ter inúmeros sabores e ...

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

O objetivo é garantir segurança e qualidade desses alimentos a partir da aplicação ...