Parceria permite a criação de Rede Capixaba de Trilhas

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), a Secretaria de Turismo (Setur) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) assinaram, ontem (23), o protocolo de intenções para elaboração de proposta da Rede Capixaba de Trilhas. O documento foi assinado durante visita técnica no Parque Estadual do Forno Grande, em Castelo, com a presença de guias turísticos do Espírito Santo.

O objetivo do acordo é fortalecer a articulação institucional e promover a colaboração mútua para elaboração de proposta para a Rede Capixaba de Trilhas, no âmbito da Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso e Conectividade – RedeTrilhas, a partir da experiência de um projeto piloto na região do Parque Estadual de Itaúnas (PEI), em Conceição da Barra.

“Essa é uma parceria muito importante para o turismo, meio ambiente e desenvolvimento sustentável do Espírito Santo, que tem belezas que poucos lugares têm. O termo que assinamos aqui é um embrião para que futuramente, todo o Estado tenha trilhas de longa distância”, destacou o diretor-presidente do Iema, Alaimar Fiuza.

O diretor-presidente disse ainda sobre a presença dos guias de turismo no Parque Estadual do Forno Grande. “É uma alegria receber os guias de turismo aqui. Nosso desafio e projeto estratégico de Governo é tornar os parques mais sustentáveis. Temos uma parceria muito importante com a Setur e o turismo é uma das principais formas de gerar riquezas de forma sustentável. Temos nas unidades de conservação grandes oportunidade, pois, apesar da pandemia, as pessoas estão carecendo de espaços abertos e de se conectar com o meio ambiente”, informou.

A secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro, ressaltou a importância desta união do Governo do Estado com a comunidade, Prefeitura e o Sebrae. “Temos uma riqueza natural muito especial e esta união de forças permite que o turismo aconteça de forma ordenada, gerando renda para toda a cadeia produtiva do turismo e permitindo que a comunidade no entorno dos parques prospere mantendo suas atividades e ampliando com opções que façam o local ainda mais interessante para o turista”, frisou.

O superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo, destacou o trabalho que a instituição está realizando no entorno das unidades de conservação. “O Sebrae está atuando a partir da identificação das vocações e das potencialidades do território para o turismo. A intenção é construir, de forma participativa, um plano de ações para a dinamização e qualificação dos pequenos negócios ligadas às atividades do turismo no entorno do Parque Estadual de Forno Grande”, pontuou

Fonte: Iema e Setur

Últimas notícias

Lançamento da Ruraltures será nesta quinta-feira (07) em Venda Nova do Imigrante

Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem O Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau promoverá, amanhã ...

Sistema Cantareira opera em estado de alerta

Os últimos dias acenderam um alerta para o nível dos reservatórios que abastecem ...

Jovens agricultores participam de curso sobre formação de lideranças

Um dos pilares da Coordenadora Latino-americana e do Caribe de Pequenos Produtores e ...

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...