Pecuária brasileira se despede de Sérgio Piza

A pecuária brasileira se despede de Sérgio Assumpção de Toledo Piza, 93 anos, ex-presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), entre 1968 e 1971. O pecuarista morreu nesta sexta-feira (15).

Sérgio foi hospitalizado com crise de diverticulite no sábado, dia 8, chegou a retornar para casa, mas voltou a ser internado na quinta-feira e faleceu às 10 horas da sexta. O sepultamento foi realizado no fim da tarde, no Cemitério São Paulo. Deixou viúva Dona Maria Cândida, os filhos Ricardo e Flávio e quatro netos.

Sérgio Piza contribuiu de forma significativa para o desenvolvimento da raça Nelore no Brasil. Entre as diversas iniciativas, ele foi um dos fundadores do Programa Leilões, uma das maiores empresas do setor, contribuindo para difundir esta modalidade de comercialização de bovinos no país.

“Essa é uma grande perda para a pecuária brasileira. Sérgio Pizza contribuiu muito para a disseminação da genética Nelore no Brasil. Prestamos uma justa homenagem e nossas condolências aos familiares”, diz o pecuarista Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB.

Últimas notícias

Marco Legal das Startups é aprovado no Senado

Em 2021, a relação entre cooperativas e startups pode ser ainda mais estimulada ...

Calcário impulsiona produtividade em áreas de integração lavoura-pecuária

Dono do maior rebanho bovino do Brasil, com 31,7 milhões de cabeças (14,8% ...

Empresa de agromineração abre inscrições para profissionais de diversas áreas

A Mosaic Fertilizantes, uma das maiores empresas do setor de agromineração no Brasil ...

Batata enfrenta desafios no campo

Frita, assada, cozida, sozinha ou acompanhada, natural ou industrializada: a versatilidade torna a ...

Pecuaristas ampliam em seis vezes produção leiteira

O casal de produtores José João Júnior e Eduarda Paulino de Andrade, do ...