Preço médio do leite sobe mais de 16% e atinge valor recorde para o mês de julho

Em julho, o preço do leite ao produtor atingiu recorde para o mês e alcançou a média de R$ 1,75, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), vinculado à Universidade de São Paulo (USP). O valor representa uma alta de R$ 16,1% em relação a junho deste ano e aumento de 25% se comparada ao mês de julho de 2019. 

O preço médio é o segundo mais alto de toda a série histórica do Cepea, que realiza o levantamento desde 2004. O centro de estudo afirma que a elevação se deu por conta da mais competitividade da indústria de laticínios que tem tentado garantir a compra de matéria-prima. O Cepea diz que a maior concorrência ocorreu também devido à necessidade de se refazer estoques de derivados lácteos. 

Além disso, também houve aumento no preço dos derivados lácteos em junho. Em relação ao leite UHT o acréscimo no valor foi de 17,7%, a muçarela teve aumento de 23% e o leite em pó, 10,9%. 

Fonte: Brasil 61

Últimas notícias

Dia da Agricultura Irrigada: gotejamento contribui para melhoria da qualidade de culturas do ES

Especialista explica como a técnica de irrigação é eficiente para produções de café, ...

Colheita de café evolui no Brasil evolui para 20%, mas mantém atraso

A colheita de café da safra brasileira 2021/22 vai andando tanto para o ...

Convênio entre Seag e Sebrae beneficia mais de 150 empreendimentos rurais

Oficinas e consultorias tecnológicas estão sendo disponibilizadas para capacitar empreendedores. A Secretaria da ...

Associação de Brahmanabre inscrições para 1ª Prova de Eficiência e Performance

A expectativa é que participem fêmeas e touros de criatórios de todo o ...

Exportações de café pelo Espírito Santo caem 21% em maio

No último mês de maio o Espírito Santo exportou um total de 337 ...