Proagro tem taxas elevadas a partir de hoje (1º)

O Conselho Monetário Nacional (CMN) alterou as alíquotas para contratação do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) na safra 2020/21. As novas taxas passam a valer a partir desta quarta-feira (1º). 

Na modalidade Proagro Mais, destinado a produtores familiares com contratos de custeio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), as alíquotas oscilaram de um intervalo 3% a 6% na safra 2019/2020 para um intervalo entre 3% e 7,5% nesta safra. Para cultura de inverno, entre elas trigo, canola, aveia e cevada, a taxa para a safra 2020/21 vai ser de 7%. Para as primeiras safras de milho e soja a alíquota vai ficar em 3,8%.

No Proagro Tradicional, destinado a agricultores de maior porte, as alíquotas passam de um intervalo entre 4% e 6,5%, na safra anterior, para um intervalo que varia 4% e 8,5%. O trigo foi a commodity que teve o maior aumento nesta modalidade, passando de 6,5% para 8,5%.

O Proagro é um programa do governo federal que visa proteger o crédito do produtor rural em caso de fenômenos naturais, pragas e doenças.

Fonte: Brasil 61

Últimas notícias

Premiação distribui R$ 130 mil para os produtores dos melhores cafés do Espírito Santo

Fotos: Sidney Dalvi e Hélio Filho/Secom Os melhores cafés especiais capixabas foram eleitos ...

Pecuária de leite vive incertezas com o futuro da pandemia

A reunião de conjuntura de novembro do Centro de Inteligência do Leite da ...

Valor de mercado de defensivos aplicados deverá cair 11,8% em 2020

O mercado de defensivos agrícolas deve ter redução de 11,8% no valor em ...

Programa de aprendizagem rural é homenageado pelo Instituto Innovare

Fotos: Junio Nunes O Programa de Aprendizagem Profissional Rural foi homenageado na 17ª ...

Novo surto de gafanhotos é monitorado por governo do Rio Grande do Sul

Foto: Senasa Julio Huber Um novo surto de gafanhotos identificado pelo Serviço Nacional ...