Produção industrial tem a maior queda desde 2002

Em março deste ano, a produção da indústria brasileira teve o pior resultado para o mês desde 2002. Foi registrada queda de 9,1% em relação a fevereiro, por conta da pandemia do coronavírus. Uma retração assim não era registrada desde a greve dos caminhoneiros de maio de 2018.

Com cinco resultados negativos seguidos, a produção industrial já acumula queda de 1,7% neste ano. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O setor industrial mais impactado foi o de veículos automotores, reboques e carrocerias, que teve queda de 28% na produção de fevereiro para março.

De acordo com o IBGE, essa é a primeira vez em oito anos que é registrada queda em todas as 15 localidades pesquisadas pelo instituto. O estado de São Paulo, que concentra mais de 1/3 da indústria nacional teve queda de 5,4% em março, puxando os índices nacionais. 

Já Rio Grande do Sul e Santa Catarina, apesar de terem uma parcela menor da indústria, tiveram retrações maiores na produção: de 20,1% e 17,9% respectivamente. A maior queda registrada foi no Ceará: 21,8%.

Texto: Daniel Marques/Agência do Rádio Mais

Últimas notícias

Operação Colheita apreende armas, drogas e prende 25 criminosos no Estado

Cerca de dois meses após o início das ações, a Operação Colheita, lançada ...

Inmet disponibiliza plataforma de monitoramento de estimativa de geadas no Brasil

O mapa indica a possibilidade da ocorrência de geada, baseada na temperatura mínima ...

Frutas, castanhas e verduras nativas do Brasil estão em nova lista de espécies da sociobiodiversidade com valor alimentício

São considerados produtos da sociobiodiversidade os bens e serviços gerados a partir de ...

Cafés do interior capixaba serão comercializados em evento na Praça do Papa

O café, além de ser fonte de energia, também é fonte de lucro ...

Pif Paf Alimentos compra a Uniaves para ampliar oferta de produtos

Dando sequência à execução do seu plano estratégico de crescimento, a Rio Branco ...