Produções de arroz e feijão terão desafios para sustentar mercados até 2029

Dados do Outlook Fiesp 2029, publicação da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, indicam que embora a combinação arroz e feijão continue presente na dieta dos brasileiros, há uma tendência de que a população passe a incorporar cada vez mais outros alimentos em suas refeições.

Segundo o levantamento, o feijão é cultivado em todos os estados do Brasil e o tipo carioquinha continua sendo o mais consumido em todo o país. Atualmente, a região Sul é líder na produção do grão, seguida pela Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte. No entanto, o elevado tempo de preparo do feijão convencional dificulta seu uso pelos brasileiros, que tem buscado maior praticidade e conveniência.

O arroz, por sua vez, não é mais unanimidade entre os consumidores. Pães, bolachas, massas e farinhas como a de mandioca são opções de carboidrados que vêm ganhando a preferência dos brasileiros.

Entretanto, as projeções não são completamente negativas. Apesar do desafio dos produtores em abrir novos mercados para o arroz, por meio do desenvolvimento de produtos mais elaborados, e do estabelecimento de negociações com países consumidores potenciais do produto, o número de toneladas líquidas exportadas pode chegar a 537 mil toneladas em 2028/2029, o que significa um crescimento de 66% em relação a 2018/2019, um alento para o setor, já que o consumo doméstico deve sofrer um aumento de apenas 6% e o consumo per capita, um crescimento de menos de 1%.

Os produtores de feijão, por outro lado, devem enfrentar mais dificuldades pelo caminho. Além de crescimento de apenas 6% na demanda doméstica e estabilidade do consumo per capita, o número de toneladas líquidas exportadas deve permanecer nulo. E ainda que a produção prevista para 2028/2029 seja de 3,2 milhões de toneladas – o que representa um crescimento de 7% em relação à safra de 2018/2019 – o desafio de incentivar a demanda do produto por meio do desenvolvimento de novas formas de consumo deve ser mantido.

Fonte: Fiesp

Últimas notícias

Idaf tem trabalho aprovado em Encontro Capixaba de Pesquisa em Educação Ambiental

O encontro é organizado pela Ufes em parceria com o Iema O Instituto ...

Ifes abre inscrições para mestrado em Agroecologia

São ofertadas 12 vagas e o início das aulas está previsto para março ...

Laboratório de aquicultura marinha fortalecerá pesquisas no país

Visão em 3D do projeto do Lapimar Foram reiniciadas, esta semana, as obras ...

Brasil registra 31 defensivos agrícolas genéricos, com quatro produtos biológicos

Com a publicação, 2020 soma 60 produtos de baixo impacto registrados. Esse é ...

ATENÇÃO: chuva forte e rajadas de vento atingem a Grande Vitória e municípios do interior capixaba

A chuva forte prevista pela Coordenação de Meteorologia do Instituto Capixaba de Pesquisa, ...