Queijos brasileiros conquistam 14 medalhas em competição mundial

O Brasil conquistou 14 medalhas na 33ª edição do “World Cheese Awards”, considerada a mais prestigiada competição de produtores de queijo do mundo, realizada em Oviedo (Espanha), na primeira semana de novembro. Os produtores brasileiros receberam ao todo 14 medalhas, sendo duas de ouro, que foram obtidas pelo queijo catarinense “Vale do Testo”, produzido pela empresa Pomerode, e o mineiro “Serra das Antas”, tipo Reblochon. O queijo escolhido como o melhor do mundo nesta edição foi produzido pela marca espanhola Quesos y Besos

O queijo “Vale do Testo” é produzido com leite de vaca e semiduro. O processo de produção inclui seis meses de maturação, período no qual o produto passa por um processo que intensifica suas características aromáticas. O queijo da Serra das Antas tem textura compacta, semimole e sabor suave. Os 12 outros queijos premiados com medalhas de prata ou bronze são todos produzidos em São Paulo ou Minas Gerais (predominantemente na Serra das Antas).

A analista do Sebrae, Claudia Stehling, destaca a importância dessa conquista para os produtores de queijo brasileiros. O Sebrae tem uma atuação importante neste segmento, voltada principalmente para os pequenos produtores artesanais. “Temos atuado junto ao Ministério da Agricultura para a implementação de normativas que contribuam no apoio aos pequenos produtores. Uma dessas medidas refere-se ao selo-arte, que permite o trânsito do queijo e outros produtos de origem animal entre os diferentes estados da Federação”, comenta Cláudia.

Atualmente o Sebrae assiste diretamente produtores artesanais de queijo, por meio de projetos e oportunidades de acesso a novos mercados e realiza um trabalho de mapeamento para identificar outros pequenos produtores que poderiam ser beneficiados com a obtenção do selo-arte. “Além disso, o Sebrae está realizando um inventário para localizar os produtos artesanais típicos e regionais que serão divulgados  por meio de uma plataforma digital que a instituição está desenvolvendo e que vai funcionar como uma vitrine para esses produtos”, complementa Cláudia.

Fonte: Sebrae

Últimas notícias

Ufes obtém registro de nova cultivar de café conilon com alto teor de cafeína

A Ufes obteve o registro de mais uma cultivar de café conilon no ...

Promoção de cafés especiais do Brasil em Dubai pode render US$ 23,4 milhões

Ação coordenada pela BSCA levou 19 empresas brasileiras à World of Coffee, que ...

Vinícolas gaúchas promovem atrações para celebrar a colheita da uva

Crédito: Renato Soares/MTur Tem início a temporada da Vindima no Sul do país ...

Parceria prevê US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano

Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a ...

Valor da contribuição mensal do MEI vai aumentar em fevereiro

Os microempreendedores individuais devem ficar atentos ao reajuste na contribuição mensal, que passa ...