Queimadas proibidas no Brasil até novembro

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que proíbe as queimadas em todo o país por 120 dias. A norma vale desde a última quinta-feira (16) e consta no Diário Oficial da União. A medida vem após a Amazônia registra recorde de desmatamento no mês de junho desde 2015.

Em nota enviada à imprensa, a Secretaria Geral da Presidência da República informou que a maior incidência de queimadas ocorre entre agosto e outubro. O decreto suspende a permissão do emprego do fogo, prevista em outro decreto do ano de 1998.

Apenas em alguns casos específicos, a prática será permitida, de acordo com a norma. São eles: práticas de prevenção e combate a incêndios feitos ou supervisionados por instituições públicas; práticas agrícolas de subsistência executadas pelas populações tradicionais e indígenas; atividades de pesquisa científica autorizadas pelo órgão ambiental competente; controle fitossanitário, desde que autorizado pelo órgão ambiental e queimas controladas em áreas fora da Amazônia Legal e do Pantanal, quando imprescindíveis à realização de práticas agrícolas.

Fonte: Brasil 61

Últimas notícias

Casal de pecuaristas reduz gastos com Assistência Técnica do Senar-ES

A assistência ajudou a melhorar o gerenciamento do negócio Os pecuaristas leiteiros de ...

Feira Segura atende mais de 56 mil consumidores de 10 estados

O projeto Feira Segura, desenvolvido pelo Sistema CNA/Senar para viabilizar a continuidade de feiras ...

Empresa de Singapura confirma fábrica de café solúvel em Linhares

Executivos da Olam Internacional anunciou seu terceiro e maior investimento no Espírito Santo: ...

Presidente da Conab morre vítima da Covid-19

O diretor-presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), José Samuel de Miranda Melo ...

Valor do mercado de defensivos agrícolas aplicados recua 10,4% em 2020

Tractor spraying soybean field at spring O mercado de defensivos agrícolas teve redução ...