Seag repassa R$ 100 mil a escolas agrícolas capixabas

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento do projeto voltado para a Formação dos Agentes e Jovens Envolvidos no Processo Educativo das Escolas Famílias Agrícolas, a Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) formalizou –  por videoconferência, devido à pandemia do coronavírus (Covid-19) –, o repasse de R$ 100 mil ao Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (Mepes).

Entre as ações previstas estão a realização de atividades educativas em formação inicial, continuada e nas áreas de conhecimento ligados às técnicas em agropecuárias, linguagem e ciências da natureza; realização de atividades educativas em gestão administrativa e associativa; realização de dois seminários de agroecologia e desenvolvimento sustentável e a realização de um encontro de integração dos estudantes das Escolas Famílias Agrícolas (EFA’s). A expectativa é de formar 700 pessoas, entre agentes, técnicos e jovens estudantes em uma carga horária total de 480h/aula.

“Precisamos investir cada vez mais nos jovens rurais, intensificando as ações que promovam o desenvolvimento nas suas regiões, principalmente neste momento em que estamos vivendo. O Mepes tem um papel fundamental na formação desses jovens, sobretudo quando esse processo envolve também as comunidades e as famílias”, ressaltou o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto.

Essa ação acontece no escopo do Programa Jovens no Campo e na Pesca, coordenado pela Seag. “A importância da destinação desse recurso está, principalmente, na possibilidade de agregar aperfeiçoamento aos monitores e formação aos jovens estudantes e de suas respectivas famílias, visando ao desenvolvimento rural sustentável e à garantia da formação cidadã de todos os envolvidos”, disse o coordenador de projetos da Secretaria, Vinicius Costa.

Há 52 anos, o Mepes trabalha na implantação da educação do campo com a pedagogia da alternância. São 17 escolas ligadas ao Mepes no Estado do Espírito Santo. ”Hoje, estamos comemorando com muita alegria mais essa conquista. Essa parceria entre o Governo do Estado, por meio da Seag, é fundamental para qualificar as ações educacionais da rede rural do Espírito Santo”, salientou o superintendente do Mepes, Idalgizo José Monequi.

Participaram da videoconferência o subsecretário de Aquicultura, Pesca e Desenvolvimento Rural Sustentável, Michel Tesch Simon; o gerente pedagógico e administrativo Joel Duarte Benísio; o coordenador de projetos José Valdemar Pin; o coordenador do centro de formação, Padre Firmino; os conselheiros Lidney Gobii e Amélia Siller; a extensionista do Incaper Vera Martins; o secretário de agricultura de Anchieta, Geovani Bissa, e o vereador Renato Lorencini.

Texto e foto: Vanessa Capucho/Seag

Últimas notícias

Exportações de cafés conilon e solúvel do Espírito Santo batem recorde histórico

Com o fim do ano de 2020, o café capixaba, mais uma vez, ...

Pandemia evidencia a urgência de uma produção agrícola mais sustentável

A população mundial deve aumentar para quase 10 bilhões até 2050 e uma ...

Fundos de investimento no agronegócio favorecem capitalização do setor

O agronegócio brasileiro está prestes a se aproximar ainda mais do ecossistema de ...

Brasil bate novo recorde histórico de exportação de café em 2020

Em 2020, o Brasil exportou 44,5 milhões de sacas de café, considerando a ...

Felino é atropelado e morre na BR-262

Foto: Thiago Souza de Oliveira Julio Huber Um felino macho foi encontrado morto, ...