Segunda edição do Prêmio Cafés Especiais do Espírito Santo é lançada

A segunda edição do Prêmio Cafés Especiais do Espírito Santo está confirmada em 2021 e teve o regulamento lançado nesta segunda-feira (19). O Prêmio é realizado pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). O Prêmio é dividido entre as categorias de Arábica e Conilon, com premiação de Qualidade e Sustentabilidade. As inscrições e envio das amostras de café terão início em 02 de agosto e vão até 22 de outubro deste ano.

Os valores da premiação de Qualidade para as categorias de Arábica e Conilon são, respectivamente, de R$ 30 mil, R$ 15 mil e R$ 10 mil, podendo o valor ser pago em dinheiro, equipamento, fertilizantes ou máquina agrícola. A premiação por Sustentabilidade também se dará em ambas as categorias de café para os 1º, 2º e 3º colocados, por alcançarem os critérios de boas práticas no cultivo de cafés especiais. Os cafeicultores receberão premiação extra de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente. Os valores das premiações somam R$ 130 mil, financiados por empresas, instituições e entidades do ramo e com apoio da Fundação de Desenvolvimento Agropecuário do Espírito Santo (Fundagres Inovar).

O café especial tem valor agregado de grande relevância para o cafeicultor. O mercado de cafés com qualidade superior apresenta um crescimento de 15% ao ano e a tendência é de que cresça ainda mais, em razão da maior apreciação em todo o mundo. O Prêmio realizado pelo Incaper e pela Seag tem os objetivos de fomentar a produção de cafés especiais no Espírito Santo e valorizar o cafeicultor capixaba pela qualidade do café e pela sustentabilidade no cultivo. 

“A primeira edição do prêmio foi um sucesso. Os cafeicultores vencedores tiveram a oportunidade de comercializar seus cafés com valor agregado acima do valor de mercado. Sem dúvida, essa segunda edição também ganhará destaque e teremos resultados importantes para a cafeicultura capixaba”, ressaltou o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto.

“O Incaper está lado a lado com o cafeicultor, instruindo o cultivo do café e levando tecnologia, que são aplicados com muita dedicação e primor. Para reconhecer e valorizar esse trabalho dos cafeicultores capixabas, estamos realizando a segunda edição do Prêmio Cafés Especiais do Espírito Santo. Os objetivos são incentivar e valorizar a produção de qualidade e com sustentabilidade. Além disso, o prêmio é uma vitrine de reconhecimento da qualidade do café para o mercado. Fazemos o convite ao produtor de arábica e conilon do Estado para inscrever o seu melhor café no prêmio”, ressaltou diretor-presidente do Incaper em exercício, Abraão Carlos Verdin.

É previsto que o evento de premiação dos vencedores aconteça entre os dias 13 e 17 de dezembro de 2021. O local da realização da premiação será definido conforme se encontrar o cenário da evolução da pandemia da Covid-19, seguindo todas as recomendações da Secretaria da Saúde (Sesa).

Mostra Anual de Cafés Especiais do Espírito Santo

Dentro da programação do Prêmio também será realizada a Mostra Anual de Cafés Especiais do Espírito Santo, que será realizada um dia antes da premiação e envolverá a participação dos 20 melhores cafés da categoria arábica e dos 20 melhores cafés da categoria conilon. O total dos 40 lotes de cafés finalistas selecionados pela equipe técnica do Prêmio serão preparados, codificados e inseridos em cupping, com os objetivos de promover as vendas dos cafés e as relações de negócios.

Acesse o regulamento e confira as informações completas sobre o Prêmio Cafés Especiais do Espírito Santo.

Fonte: Incaper

Últimas notícias

Tradição familiar no agronegócio em evidência na Praça do Papa

A tradição familiar marca o agronegócio capixaba, que, segundo dados do Governo do ...

Ação de fiscalização do Mapa apreende 173 mil litros de bebidas com indícios de fraude

Uma ação de fiscalização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) resultou ...

Mapa reforça vigilância após ocorrências de Peste Suína Africana na República Dominicana

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informa que está acompanhando e ...

Cooperação alemã investe U$ 2 milhões em projeto de apoio ao Comércio Justo na América Latina e Caribe

Mais de 84 mil produtores(as) da região da América Latina e do Caribe ...

Agricultura familiar recebe investimentos no Espírito Santo

Para comemorar a Semana da Agricultura Familiar, o Governo do Estado anunciou um ...