Teste em domicílio de coronavírus será feito em 27 municípios do Espírito Santo

Julio Huber

Para detectar o avanço do coronavírus (Covid-19) no Espírito Santo, o governo estadual fará testes em moradores de 27 municípios do Estado, em suas residências, a partir da próxima semana. A informação foi confirmada pelo secretário de Estado de Saúde, Nésio Fernandes, em uma entrevista coletiva concedida pela internet, na manhã de hoje (05).

O secretário informou que serão feitas escolhas aleatórias das residências que receberão a equipe de saúde. “Iremos testar cerca de 32 mil capixabas a cada 14 dias. Isso nos permite fazer uma projeção estatística para ver quantos capixabas tiveram contato com a Covid-19. Dessa forma, podemos analisar se a disseminação da doença está crescendo ou diminuindo e qual é a força de transmissão em cada ciclo de testagem”, contou.

O secretário informou que está sendo montada uma estratégia de divulgação para informar aos capixabas como será feita essa enquete sorológica. Segundo ele, apenas com a redução de mortes, de pacientes internados e de pessoas testando positivo para a doença, em um período de 14 dias, será possível pensar em diminuir as orientações de isolamento social. O secretário não informou o nome dos municípios que receberão a ação de testagem em domicílio.

AUMENTO DE CASOS – Nésio informou que nos últimos dias tem aumentado o número de pessoas testadas com resultados positivos. “No início da pandemia no Estado, uma pessoa a cada 11 testadas tinha o exame positivo. Hoje, esse número é de 35%”, informou. O secretário de saúde reforçou o pedido para que a população mantenha o distanciamento social.

O secretário Nésio Fernandes pede que a população mantenha o isolamento social

“Se a pessoa tiver síndrome gripal, faça isolamento por 14 dias após procurar atendimento médico. O governo não quer determinar medidas punitivas para quem não respeitar as orientações de isolamento e de prevenção. Precisamos da colaboração de todos nesse momento crítico”, apelou Nésio Fernandes. Até a noite de ontem, 3.351 pessoas haviam testado positivo para a doença. Desse total, 1.023 pessoas estão curadas e 123 morreram. Foram realizados mais de 15 mil testes em capixabas.

LOCKDOWN – Ainda de acordo com o secretário, o Espírito Santo é o Estado com maior índice de pessoas testadas a cada milhão de habitantes. Nésio também falou que não está descartado o lockdown, em que o fluxo de pessoas e veículos é proibido e apenas funcionam os serviços essenciais, como alimentação e farmácias. Até indústrias são fechadas.

“Essa é uma medida extrema, que deve ser medida tomada apenas nos territórios em que há o colapso relacionado à doença e de capacidade de atendimentos em hospitais. Não se descarta que algum Estado possa decretar o lockdown em todo seu território. Mas, essa medida é desenhada em regiões específicas. É preciso que toda a sociedade entenda que estamos em um mês crítico e que estudos recentes apontam que o pico da pandemia pode ser em junho e julho”, enfatizou.

Últimas notícias

Coops já podem enviar projetos para o PAA

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) liberou o sistema para recebimento dos projetos ...

Selo Arte para produtos de abelhas e derivados terá início em outubro

Podem receber o Selo produtos artesanais de abelhas Apis mellifera e de abelhas ...

Você conhece a Doença de Haff? Mapa monitora casos no Brasil

Orientação é que consumidor adquira pescado com selo de inspeção oficial O Ministério ...

Fórum Café e Clima apresenta condições da produção diante dos impactos climáticos

Como os cafezais estão reagindo diante do comportamento do clima, marcado por seca, ...

Bolsonaro veta projeto sobre medidas emergenciais de amparo à agricultura familiar

Foto: Veja O presidente Jair Bolsonaro vetou um projeto de lei sobre medidas ...