Trabalhos científicos sobre avicultura e suinocultura já podem ser inscritos para a 6ª Favesu

Uma das atividades mais tradicionais da programação da Feira de Avicultura e Suinocultura Capixaba (Favesu) é o espaço científico. E o período de inscrições de projetos científicos sobre os dois segmentos já está aberto. A 6ª edição do evento será realizada entre os dias 23 e 24 de junho de 2021, no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman (Polentão), em Venda Nova do Imigrante, nas montanhas do Espírito Santo.

O espaço científico dará oportunidade para estudantes de graduação, pós-graduação, professores, pesquisadores e profissionais do setor apresentarem trabalhos nas áreas de pesquisa de frango de corte, postura comercial e suinocultura. 

Os pesquisadores interessados devem enviar a ficha de inscrição dos trabalhos (disponível para download no link mais abaixo) até o dia 04 de abril de 2021. Já a data limite para o envio dos trabalhos, que serão avaliados por profissionais renomados nas áreas pertinentes, será o dia 25 de abril de 2021.

Os trabalhos deverão ser classificados em um ou mais dos seguintes assuntos: insumos alternativos para milho e soja, sanidade, ambiência, bem-estar animal ou inspeção sanitária de produtos de origem animal. Clique aqui e saiba mais sobre as normas para elaboração dos trabalhos.

Um dos responsáveis pela coordenação científica da 6ª Favesu, o médico veterinário Eustáquio Moacyr Agrizzi destaca a importância desse espaço dentro da feira. “Objetivamos estimular a aplicabilidade do conteúdo científico na prática, bem como aproximar o meio acadêmico de empresas dos setores e dos produtores rurais”, ressaltou Eustáquio. O evento é realizado pela Associação dos Avicultores do Estado do Espírito Santo (Aves) e da Associação de Suinocultores do Espírito Santo (Ases).

EXPOSIÇÃO E PREMIAÇÕES – Todos os trabalhos aceitos serão expostos no Espaço Científico da 6ª Favesu através de banners e receberão certificado de participação. Em cada área de pesquisa (frango de corte, postura comercial e suinocultura) o trabalho melhor avaliado terá espaço para uma apresentação oral, com duração de dez minutos, durante a programação da feira, no auditório destinado ao público pertinente àquele tipo de pesquisa.

Além disso, o primeiro colocado das três áreas receberá uma premiação em dinheiro na quantia de R$ 1 mil, terá direito a publicação do seu trabalho no Jornal do Agronegócio (jornal de circulação nacional da Aves e Ases), e ainda poderá ter seu estudo divulgado nas mídias da Favesu e das associações.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a comissão organizadora do concurso nos telefones: (27) 3288-1182 e 99942-2552, ou através do e-mail: [email protected].

Clique aqui para baixar a ficha de inscrição 

Clique aqui e confira as normas para elaboração dos trabalhos

Fonte: Assessoria de imprensa Aves e Ases

Últimas notícias

Agro brasileiro é a solução para mitigar as emissões de carbono e para as mudanças climáticas do país

Foto: Cauê Diniz O Brasil tem tudo: agroambiente, água, floresta e pessoas. Por ...

Cresce o número de fazendas de soja certificada no Brasil

De norte a sul, de leste a oeste, é assim que a Round ...

Na contramão da seca, Cooperativa recupera 52 nascentes

O Projeto Olho D’Água, desenvolvido pela Cooperativa de Produtores Rurais (Coopercitrus), em parceria ...

Semana começa com chuva passageira no litoral e sol entre nuvens no interior capixaba

A semana do capixaba começa com chuva passageira no começo no trecho litorâneo ...

Pesquisadores sistematizam lista de produtos registrados para a cultura do amendoim

Todos os produtos autorizados para a cultura do amendoim reunidos num só lugar ...