Usinas doam 35 mil litros de álcool ao Espírito Santo para o combate ao coronavírus

Julio Huber

O Espírito Santo receberá, na próxima sexta-feira (26), 35 mil litros de etanol, para que sejam transformados em álcool em gel 70%. A iniciativa partiu das empresas associadas da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). Em todo o Brasil, serão doados um milhão de litros de álcool, que serão destinados ao combate ao coronavírus (Covid-19).

Seis estados demonstraram interesse e vão receber a doação por meio das secretarias de saúde: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Paraná e Santa Catarina. O Espírito Santo será um dos primeiros a receberem o carregamento.

A Unica firmou parceria com a Associação Brasileira de Transporte e Logística de Produtos Perigosos (ABTLP) e o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom) para distribuição de álcool 70 que será produzido por usinas voluntárias associadas.

No Espírito Santo, é a indústria química local que vai receber e processar esses produtos. “Elas vão fazer o processamento e o envazamento, colocando em embalagens menores. Daí as secretarias, com parceiros menores, fazem a distribuição”, explicou o presidente da Única, Evandro Gussi. Serão atendidos serviços públicos de saúde, como hospitais, unidades básicas de saúde, hospitais filantrópicos.

“O setor sucroenergético quer unir forças com os órgãos governamentais e a população para garantir que os profissionais de saúde, pacientes e familiares tenham os recursos necessários para atravessarem esse momento difícil”, disse, em nota, o presidente da Unica

A autorização para fazer o produto foi dada no último dia (19) pela Anvisa. No dia seguinte já foram iniciados os estudos onde a produção ocorrerá, em que circunstâncias, além da elaboração dos mapas logísticos.

Segundo Gussi, as autoridades de saúde dos estados disseram que o produto vai chegar no momento perfeito entre o fim dos estoques que eles ainda têm e a chegada desse estoque novo.

O presidente da Unica ressaltou a união necessária que o Brasil deve ter para enfrentar o atual momento que o país atravessa. “São 19 horas de trabalho diário do nosso time aqui. Mas a gente está feliz. Nossas associadas entendem que esse é um dever cívico que nos dá forças para trabalhar pelo Brasil”.

As empresas associadas ao Sindicom doarão o óleo diesel necessário para o transporte, enquanto os membros da ABTLP farão o deslocamento do material em veículos próprios. A operação não terá custos para os cofres públicos.

Últimas notícias

Senar lança cursos gratuitos de drones e inseminação artificial. Inscreva-se!

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançou três cursos de curta duração, ...

Especialistas do Brasil e exterior debatem mercado halal

O fórum de negócios Global Halal Brazil ocorre na próxima semana e terá ...

Estados Unidos mudam regras para ingresso de cães procedentes do Brasil

Os animais que chegam de países classificados como de alto risco para raiva, ...

Entidades afirmam que caso das búfalas de Brotas foge à regra dos produtores

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) publicou ...

Cadeia produtiva do leite é destaque em novo Boletim da Agricultura Familiar da Conab

Já está disponível, no site da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a publicação ...