Zoneamento visa reduzir riscos climáticos para cultivo de cevada

Com o objetivo de indicar períodos de menor risco para o plantio de cevada, foram publicadas no Diário Oficial da União na última quinta-feira (29) as Portarias de 351 a 358 com o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc). Os documentos tratam da cultura de cevada de sequeiro, ano-safra 2020/2021.

As informações visam reduzir as chances de ocorrerem problemas relacionados a eventos climáticos indesejáveis e, com isso, permitir ao produtor identificar a melhor época para plantar, levando em conta a cultura e os diferentes tipos de solos.

Os produtores rurais e outros agentes do agronegócio também podem ter acesso às informações oficiais do Zarc por meio de tablets e smartphones. Isso facilita a orientação relacionada aos programas de política agrícola do Governo Federal.

Fonte: Brasil 61

Últimas notícias

Uvas de mesa são tema de palestra técnica on-line na terça-feira (27)

Em prosseguimento à Capacitação em Fruticultura Tropical, coordenada pela Embrapa Cerrados (DF), será ...

Conab analisa efeitos da falta de chuvas nas lavouras de milho, algodão e trigo

A região Centro-Oeste, responsável pela maior produção de grãos do país, sentiu os ...

Operação Colheita apreende armas, drogas e prende 25 criminosos no Estado

Cerca de dois meses após o início das ações, a Operação Colheita, lançada ...

Inmet disponibiliza plataforma de monitoramento de estimativa de geadas no Brasil

O mapa indica a possibilidade da ocorrência de geada, baseada na temperatura mínima ...

Frutas, castanhas e verduras nativas do Brasil estão em nova lista de espécies da sociobiodiversidade com valor alimentício

São considerados produtos da sociobiodiversidade os bens e serviços gerados a partir de ...