Chuva e frio intenso avançam pelo Brasil; veja a previsão para o feriado

Nesta quinta-feira (14), o ar frio de origem polar avança sobre o Sul do Brasil, dissipando grande parte da nebulosidade e derrubando a temperatura em várias regiões do país. Na fronteira com o Uruguai, estão previstas geadas nas cidades mais altas. O avanço de uma frente fria estimula o aumento da nebulosidade e das condições para chuva sobre o Sudeste e o Centro-Oeste do Brasil, segundo o Climatempo.

O ar frio de origem polar também começa a baixar a temperatura em Mato Grosso do Sul, em São Paulo, no sul de Minas Gerais e no Rio de Janeiro. A quinta-feira segue nublada e com previsão de chuva até a noite no leste de São Paulo, incluindo a capital e o litoral paulista, e no sul do Rio de Janeiro.

Continua após o anúncio

Já no Espírito Santo, no Distrito Federal, nas outras áreas mineiras, em Goiás e em Mato Grosso, o dia é com sol, calor e pancadas de chuva com raios à tarde e à noite. Pancadas de chuva e períodos com sol ocorrem principalmente à tarde e à noite sobre a maior parte dos estados das regiões Norte e do Nordeste. O dia é abafado.

De acordo com o Instituto Capixaba de Assistência Técnica e Extenção Rural (Incaper), a sexta-feira (15) será de mudança nas condições do tempo em todo o Espírito Sando. A passagem de uma frente fria pelo litoral capixaba irá deixar o tempo instável em todo o Estado. O sol aparece entre muitas nuvens e chove, em alguns momentos do dia, em todas as regiões. As temperaturas diminuem em todo o Estado. O vento sopra com moderada intensidade pelo litoral do Estado. Em alguns momentos, as rajadas podem ser de forte intensidade.

Alertas meteorológicos de chuva forte para hoje (14)

De acordo com o Climatempo, há alerta para chuva forte hoje nas capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Campo Grande (só na madrugada e manhã), Goiânia, Brasília, Porto Velho, Rio Branco, Manaus, Boa Vista, Belém, Macapá, São Luís. Para o Litoral de São Paulo o instituto afirma que deverá ocorrer chuva volumosa e frequente.

Há ainda alerta para temporais no norte/nordeste de São Paulo; no sul de Minas Gerais; na Zona da Mata Mineira; no centro e sul do Rio de Janeiro (inclui Grande Rio e Região Serrana); divisa de Mato Grosso do Sul com Goiás e Mato Grosso; oeste/noroeste de Mato Grosso; Distrito Federal; nordeste de Goiás; centro, sul e leste do Tocantins; ilha de Marajó (PA); Amapá; noroeste do Pará; Amazonas; Acre; Roraima; sul de Roraima; extremo sul do Maranhão e do Piauí. 

Outro alerta é de chuva moderada a forte, com raios e vento por vezes forte, de forma isolada, no litoral do Paraná; no Vale do Itajaí (SC); no centro, leste e oeste de São Paulo; no centro e leste de Mato Grosso do Sul (só na madrugada e manhã); norte do Rio de Janeiro; Espírito Santo (exceto litoral norte do Estado); centro, leste, norte e oeste de Minas Gerais; centro, sul, leste e oeste de Goiás; centro, leste e norte de Mato Grosso; no Pará (exceto noroeste e ilha de Marajó); Roraima (exceto sul do Estado); oeste e norte do Tocantins, Maranhão e Piauí (exceto extremo sul destes estados).

FRIO NO FIM DE SEMANA – Durante o fim de semana prolongado, os estados do Sul, do Sudeste e algumas áreas do Centro-Oeste e até o Norte do Brasil vão sentir a passagem de uma massa de ar frio, de origem polar. O ar gelado que veio da Antártica já entrou na Argentina e começa a avançar sobre o Sul do Brasil nesta quinta-feira, fazendo a temperatura baixar cada vez mais até o fim do dia. 

A região de fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, a serra gaúcha e a serra catarinense serão os lugares mais frios no Brasil nesta quinta-feira. O dia amanhece com geada no extremo sul gaúcho.

Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, e Florianópolis, capital de Santa Catarina, devem abrir a quebra de recordes na passagem desta nova massa de ar frio, de origem polar. As duas capitais podem registrar a menor temperatura máxima nesta quinta-feira.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Meteorologia, até o dia 13 de abril, a menor temperatura máxima de 2022 em Porto Alegre era de 21,3°C, em 31 de março. A menor máxima em Florianópolis era de 21,8°C, em 1 de abril.

Nesta quinta-feira, a queda acentuada da temperatura será sentida no centro, oeste e sul de Mato Grosso do Sul. A temperatura já começa baixar em São Paulo e o calor diminui até no Rio de Janeiro. Atenção para o risco de chuva forte nesta quinta nesses dois estados do Sudeste.

Mais frio no feriado

O ar gelado vai derrubar a temperatura em vários estados do centro-sul do Brasil nos próximos dias, deixando o feriado prolongado da Páscoa com aquele friozinho típico do outono.

Na sexta-feira (15), a temperatura cai mais em toda a Região Sul, em Mato Grosso do Sul, nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro e no centro-sul de Minas Gerais, incluindo todas as capitais destes estados.

A previsão para o feriado da sexta-feira é que seja o dia mais frio do ano até agora nas capitais São Paulo e Rio de Janeiro. A temperatura na capital paulista deve variar de 14°C a 19°C e no Rio, de 19°C a 24°C.  

As madrugadas dos dias 15, 16 e 17 de abril devem ser as mais frias deste ano no centro-sul do Brasil. Confira quais serão as menores temperaturas entre as capitais e os lugares mais frios no país nestes dias nas tabelas abaixo.

Capitais mais frias entre 15 e 17 de abril de 2022

  • Curitiba (PR): 8°C, em 15/4
  • Porto Alegre (RS): 10°C, em 15/4
  • Florianópolis (SC): 12°C, em 16/4
  • São Paulo (SP): 13°C, em 16/4
  • Campo Grande (MS): 13°C, em 15/4

Cidades mais frias entre 15 e 17 de abril de 2022

  • Urupema (SC): 0°C a 15°C em 15/4, com geada ao amanhecer
  • Urubici (SC): 2°C a 13°C em 15/4, com geada ao amanhecer
  • São José dos Ausentes (RS): 1°C a 14°C em 15/4, com geada ao amanhecer
  • Bom Jesus da Serra (SC): 2°C a 13°C em 15/4, com geada ao amanhecer
  • São Joaquim (SC): 1°C a 13°C em 15/4, com geada ao amanhecer

Fonte: Climatempo

Últimas notícias

Até quando vai o frio?

De acordo com a Climatempo, a posição da massa de ar polar ainda ...

Exportações do agronegócio em abril alcançam recorde para o mês

As exportações do agronegócio brasileiro em abril totalizaram US$ 14,86 bilhões, valor recorde ...

Crimes ambientais são flagrados e embargados em Marechal Floriano

Uma nova fase da “Operação Curupira”, que visa coibir crimes ambientais no Espírito ...

Campanha promove alimentos orgânicos em todo o Brasil

A campanha visa estimular o conhecimento e o consumo de produtos orgânicos O ...

História do cooperativismo cafeeiro capixaba é destaque na biblioteca do Incaper

A biblioteca do Incaper serviu como base para revisões bibliográficas, fontes de dados ...