Cooabriel promove treinamento sobre classificação e degustação para cooperados

Um grupo de sócios da Cooabriel participou de um Curso de Classificação e Degustação de café. A capacitação, que teve início no dia 22 de fevereiro, termina na última sexta-feira (26), em São Gabriel da Palha.

Ao todo, participam doze cooperados que possuem propriedades em São Gabriel da Palha, Vila Valério, Boa Esperança, Nova Venécia, Jaguaré e Governador Lindenberg.

Continua após o anúncio

Os cinco dias de curso foram divididos em dois módulos, sendo dois dias de treinamento em classificação e três dias em degustação. A iniciativa é realizada em parceria com o Senar.

Segundo o gerente Corporativo Comercial e Técnico da Cooabriel, Carlos Augusto Pandolfi, a parceria com o Senar para ofertar o curso de classificação e degustação de café conilon é uma iniciativa inovadora da Cooabriel. “O objetivo é capacitar os produtores a reconhecer e valorizar ainda mais o fator qualidade no trato das lavouras e nos processos de preparação dos grãos que serão entregues ao mercado. Afinal, mais do que reconhecer defeitos e perceber sabores e aromas, é importante aprender como os defeitos são gerados e quais processos podem ser melhorados para mitigar a presença de substâncias que podem modificar a percepção de quem bebe o café. Esta é a primeira turma e com toda certeza, com o apoio do Senar e engajamento da equipe Cooabriel e dos nossos sócios, iremos replicar este treinamento para alcançar o maior número de produtores possível”, explicou.

No conteúdo do curso foram abordados temas como umidade, origem dos defeitos e avaliação de cafés por atributos. De acordo com o coordenador do curso e o gerente de armazéns, José Carlos de Azevedo, o conteúdo já tem feito diferença para os produtores. “Para todos, esse é o primeiro contato com esse tipo de conhecimento. Isso, na prática, irá refletir diretamente no aumento da qualidade dos cafés produzidos pelos sócios”, disse.

O campeão do XVII Concurso Conilon de Excelência Cooabriel na categoria café natural, em 2020, Tiago Herzog é um dos sócios que participou do curso. “Tem sido uma oportunidade de adquirir muito aprendizado e trocar informações. Saímos da rotina no campo, mas isso irá melhorar ainda mais a forma como produzo o grão, pois o objetivo é conhecer mais as demandas do consumidor final”, afirmou.

Outro produtor que também participou do curso é o sócio Walcenir Antônio de Oliveira, de São Gabriel da Palha. “O instrutor explica tudo de forma simplificada com a nossa linguagem. Esses conhecimentos irão me ajudar a fazer um café com mais qualidade e com um rendimento maior”, finalizou.

Fonte: Cooabriel

Últimas notícias

Cadeia produtiva do café é homenageada na Assembleia Legislativa do ES

O jornalista, apresentador e diretor da Revista Negócio Rural, Bruno Faustino, foi um ...

Sementes de Palmeira Juçara serão lançadas por pilotos durante Voo Livre em Alfredo Chaves

Mais de 300 mil sementes de Palmeira Juçara foram doadas pelo Instituto Capixaba ...

Mapa registra mais 20 defensivos de controle biológico, incluindo produtos para uso na agricultura orgânica

Em 2022 já foram registrados 36 produtos de baixa toxicidade para o controle ...

Evento em Vitória destaca a importância da agricultura familiar capixaba

A agricultura familiar é uma das responsáveis por contribuir com os alimentos que ...

Avião caracterizado de abelha decola em homenagem aos maiores polinizadores do planeta

Piloto de aviões agrícolas há mais de 40 anos, José Paulo Garcia fez ...