Produtores devem atualizar cadastro no Idaf para utilizar sistema e emitir GTA

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) alerta que os criadores de animais deverão atualizar, até o dia 14 de janeiro de 2021, seu cadastro no Sistema de Integração Agropecuária (Siapec), disponível no site do órgão: www.idaf.es.gov.br/siapec.

A atualização é obrigatória e está condicionada à utilização do sistema pelos produtores. Ou seja, aqueles que não atualizarem o cadastro ficarão impossibilitados de acessar o sistema e emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) on-line, documento obrigatório para transporte de animais. Também não será possível realizar outras atividades de defesa sanitária animal, como comprovação de vacinação contra febre aftosa, atualização do rebanho, entre outras.

Para o cadastro, deverão ser informados dados, como: nome completo, CPF, RG, e-mail, telefone, endereço e coordenadas geográficas da propriedade. Além disso, deverão ser anexadas cópias dos documentos do produtor (JPG ou PDF), que poderão ser fotografados pelo celular, desde que garantida a boa visualização.

De acordo com o gerente de Defesa Sanitária e Inspeção Animal do Idaf, Raoni Cezana Cipriano, a migração será necessária para atualização do software atualmente utilizado. “Além do acesso também pelo celular, a mudança garantirá a oferta de um serviço mais ágil, com a inclusão de novas funcionalidades, que visam facilitar o acesso dos usuários. É importante que os produtores se programem, uma vez que o sistema estará indisponível entre os dias 15 e 17 de janeiro. Excepcionalmente por conta da transição, as GTAs emitidas no dia 14 terão a validade ampliada até o dia 19”, explicou Cipriano.

VETERINÁRIOS E LOJAS AGROPECUÁRIAS – O Idaf destaca que o cadastro de lojistas de revendas agropecuárias e médicos-veterinários que atuam como responsáveis técnicos também é obrigatório, já que eles deverão inserir informações no sistema, como nota fiscal de compra de vacina, lançamento de GTA, entre outras atividades.

Cabe lembrar que a emissão de GTA on-line pelo produtor é exclusiva para o transporte intraestadual (dentro do estado) de bovinos, bubalinos, ovinos e caprinos, com a finalidade de abate, engorda e reprodução. Para o transporte de aves e suínos, o médico-veterinário, responsável técnico e habilitado, pode emitir as GTA. Nos demais casos, o produtor deverá procurar um escritório do Idaf para emissão da Guia.

Fonte: Idaf

Últimas notícias

Definidas condições para liberação de linha de crédito para cafeicultores atingidos por geadas

O Voto será submetido ao Conselho Monetário Nacional, para em seguida disponibilizar essa ...

Congresso das Mulheres do Agronegócio terá debate sobre “Bioeconomia” e a relação entre o progresso econômico e o meio-ambiente

Mesa-redonda reunirá representantes de diferentes elos da cadeia produtiva para discutir os melhores ...

Exportações do agronegócio batem recorde para setembro, com US$ 10,1 bilhões

O complexo soja e as carnes foram destaques nas exportações do mês, registrando ...

Lançadas as primeiras variedades de batata coloridas do Brasil

Chegam ao mercado nacional as primeiras variedades de batata coloridas desenvolvidas no Brasil ...

Cooperativa lança plataforma com o maior acervo digital do agro

A Cooperativa de Produtores Rurais (Coopercitrus) coloca no ar hoje (15), a maior ...