Fazenda de produção de café é transformada em museu

O Museu Fazenda Bom Jardim, na Região Serrana do Rio, foi reaberto ao público. O local, que deu nome à cidade serrana, traz lembranças do século XIX, na era da plantação de café no Brasil. A reabertura marcou os 128 anos de Bom Jardim.

De acordo com a Prefeitura, o museu histórico ficou fechado por dois anos para readequação ao novo conceito, com mais conteúdo e recursos didáticos, e também em razão da pandemia.

A visitação é gratuita, no entanto, também devido à pandemia, o espaço recebe apenas grupos pequenos, com no máximo 20 pessoas. Para visitar o Museu Histórico da Fazenda Bom Jardim é preciso fazer agendamento pelo telefone (22) 2566-2236.

Marco para a economia

Museu Fazenda Bom Jardim, RJ, mostra o marco da economia da cidade com a produção de café

A Fazenda Bom Jardim foi um marco para a economia da cidade. Desde 1798 aproximadamente, o café começou a despontar na região. Mas foi a partir da instalação da fazenda, com novos maquinários e uma estrutura mais moderna para produção do grão, que a cidade se destacou no ramo cafeeiro.

Por causa da fazenda, a cidade passou a se chamar Bom Jardim e, boa parte do que se desenrolou na economia e na política do município desde a criação, está no acervo do museu.

Cada cômodo do casarão em Bom Jardim, RJ, aborda temas específicos sobre a história da cidade e da fazenda

Em cada cômodo do casarão foi criado um espaço para abordar temas específicos. Logo de cara, o visitante vai encontrar a sala do café cheia de referências sobre como começou o cultivo nas terras de Bom Jardim. Os equipamentos, ferramentas, entre outros.

Nas salas, documentos históricos, atos políticos e até a religiosidade do povo estão retratados e expostos. Tudo no interior da casa tem o objetivo de fazer o visitantes voltar ao passado.

A sala de jantar foi reconstruída e cada detalhe remanescente foi preservado.

Sala de jantar da Fazenda Bom Jardim, RJ, foi reconstruída e cada detalhe remanescente foi preservado

Além de preservar a história, o Museu Fazenda também se conecta com a tecnologia para atrair maior diversidade de público. Em cada sala do museu, equipamentos audiovisuais ou apenas sonoros, narram trechos da história. E pelo site do museu é possível ir além e ter acesso a outros conteúdos.

Fonte: Inter TV e G1 Região Serrana

Últimas notícias

Nova instrução normativa de bem-estar animal nas granjas brasileiras é tema de evento on-line

A nova instrução normativa (IN 113/2020) que visa as adequações de manejo e ...

Líbia prepara primeira exposição focada em cafés

Evento reunirá produtores, vendedores, representantes de marcas nacionais e regionais, além dos amantes ...

Jerônimo Monteiro realiza primeira Mostra de Café Especial

O município de Jerônimo Monteiro vai realizar a 1ª Mostra de Café Especial. ...

Tradição familiar no agronegócio em evidência na Praça do Papa

A tradição familiar marca o agronegócio capixaba, que, segundo dados do Governo do ...

Ação de fiscalização do Mapa apreende 173 mil litros de bebidas com indícios de fraude

Uma ação de fiscalização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) resultou ...