Fungicida inédito para controle do mofo branco é registrado no Brasil

O Ato n° 26 do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas da Secretaria de Defesa Agropecuária, publicado nesta quarta-feira (9) no Diário Oficial da União, traz o registro de 64 defensivos agrícolas formulados, ou seja, produtos que efetivamente estarão disponíveis para uso pelos agricultores. Desses, 12 são de baixo impacto ou de base biológica e um de princípio ativo inédito no Brasil.

Entre os produtos biológicos registrados, quatro deles utilizam microrganismos como o Bacillus thuringiensisTrichoderma asperellumTrichoderma harzianum e Beauveria bassiana para o controle de pragas agrícolas.

Em relação aos produtos químicos, foi registrado um fungicida com ingrediente ativo fenpirazamin inédito no Brasil. Apesar de ser o primeiro registro no país, esse ingrediente ativo já é amplamente utilizado em outros países, como Estados Unidos, Austrália e União Europeia.

“A partir de agora, os produtores brasileiros poderão utilizar esse produto para o controle de mofo branco (Sclerotinia sclerotiorum) nas culturas da batata, feijão, soja e tomate”, explica o coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins, Bruno Breitenbach.

Os demais produtos utilizam ingredientes ativos já registrados anteriormente no país. O registro de defensivos genéricos é importante para diminuir a concentração do mercado e aumentar a concorrência, o que resulta em um comércio mais justo e em menores custos de produção para a agricultura brasileira.

Todos os produtos registrados foram analisados e aprovados pelos órgãos responsáveis pela saúde, meio ambiente e agricultura, de acordo com critérios científicos e alinhados às melhores práticas internacionais.

PRODUTOS DE CONTROLE BIOLÓGICO – Com o registro desses 12 produtos, já somam 39 os produtos de baixo impacto para o controle de pragas (biopesticidas) registrados no ano de 2021. Em 2020, foram 95 produtos desse tipo registrados, ano recorde.

“Acreditamos que esse recorde será batido novamente, considerando os investimentos e interesse de produtores que temos testemunhado”, destaca Breitenbach.

Atualmente, soma-se um total de 450 produtos de baixo impacto disponíveis para os produtores.

Fonte: Mapa

Últimas notícias

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...

Expoagro é uma das vitrines para o agronegócio de Mato Grosso

Mato Grosso é destaque internacional quando se trata de agronegócio. E a Capital ...

Colheita de uva é sucesso em Linhares

Ao menos de quatro mil pessoas passaram pelo parreiral de uva do Polo ...

Conheça o vencedor do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

O ganhador do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré foi conhecido neste ...