Pesquisador capixaba toma posse como membro titular da Academia Brasileira de Ciência Agronômica

Pesquisador do Incaper, José Aires, tomou posse durante a cerimônia on-line da ABCA

O doutor e pesquisador do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), José Aires, tomou posse como membro titular da Academia Brasileira de Ciência Agronômica (ABCA), ocupando a 46ª cadeira. A eleição e a posse ocorreram na tarde dessa terça-feira (22), por meio de cerimônia on-line, presidida pelo ex-ministro da Agricultura e indicado ao Prêmio Nobel da Paz, Alysson Paolinelli. Trata-se da primeira conquista de uma cadeira na ABCA por um representante do Espírito Santo, sendo um marco para o Incaper e o Estado.

O pesquisador, que é doutor em Fitopatologia, destacou que a ABCA foi criada para buscar ações práticas para que o país desenvolva soluções competitivas, estabeleça estratégias e contribua para as políticas públicas brasileiras na área de ciências agronômicas. Para Aires, a indicação à Academia é uma importante conquista e, além de ser um reconhecimento pessoal, é, acima de tudo, um mérito de todos os servidores do Incaper que contribuíram com o desenvolvimento das pesquisas e transferência das tecnologias agropecuárias junto a ele.

“É um reconhecimento e uma honra representar o Incaper. Esse conjunto de resultados das pesquisas não foi desenvolvido individualmente. São resultados obtidos ao longo dos anos que têm por trás uma grande equipe de colegas pesquisadores e extensionistas que trabalharam em união para ultrapassarmos as fronteiras do Estado”, disse Aires. 

O novo membro titular da ABCA destacou que a conquista é uma avaliação que leva em consideração toda a contribuição que o Incaper e seus parceiros como a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e a Universidade de Vila Velha (UVV)  têm promovido para o desenvolvimento das ciências agrárias no Espírito Santo, por meio de projetos conjuntos. “Destaco ainda a importância e os agradecimentos às agências de fomento das pesquisas como o CNPq, FINEP e Fapes, sem as quais não teria condições de pesquisar”, completou o pesquisador.

Continua após o anúncio

A eleição para ocupar a 46ª cadeira da Academia é fruto de um processo de avaliação de todos os trabalhos e contribuições do pesquisador ao longo de sua carreira, que representam avanços na pesquisa agropecuária no Brasil e no mundo. O doutor destacou os novos passos que ele deve dar, agora como membro titular da ABCA. 

“O presidente da Academia, Alysson Paolinelli, espera que os acadêmicos indicados contribuam com seus trabalhos e competências para o progresso da ciência agronômica brasileira. Certamente desenvolverei ações para isso e sei que será um desafio, mas também uma honra levar e promover o nome do Incaper nacional e internacionalmente”, destacou Aires.

“Essa conquista é em nível de uma indicação das Academias Nacionais. José Aires é um pesquisador reconhecido no Brasil e para nossa satisfação está no Incaper com seu currículo vasto. É um orgulho para uma instituição ter uma pessoa de grande renome, e também uma responsabilidade por toda credibilidade possibilitada ao Incaper com mais essa conquista. Parabenizo especialmente o doutor Aires e todos os colegas envolvidos nas pesquisas desenvolvidas em parceria”, ressaltou o diretor-presidente em exercício do Incaper, Abraão Carlos Verdin.

Currículo de José Aires

José Aires é pesquisador no Incaper desde 1976, com Mestrado e Doutorado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa. Ocupou a Gerência do laboratório de Fitopatologia (1976-1989), foi chefe do Departamento de Planejamento e Operações Técnicas (1988-1989), diretor técnico (1995-1999) e chefe da Área de Pesquisa (2000-2016). É orientador dos Programas de Pós-Graduação (Biotecnologia e Produção Vegetal) da Ufes. Tem intensa produção bibliográfica, seis patentes e registro de cultivares, tendo recebido 15 prêmios, com destaque para o Prêmio Frederico de Menezes Veiga, da Embrapa. É membro de sociedades científicas no Brasil e Exterior. Ocupa agora a cadeira 46 da Academia Brasileira de Ciência Agronômica, e o primeiro pesquisador do Espírito Santo a integrar a Academia como membro titular. 

Fonte: Incaper

Últimas notícias

Cadeia produtiva do café é homenageada na Assembleia Legislativa do ES

O jornalista, apresentador e diretor da Revista Negócio Rural, Bruno Faustino, foi um ...

Sementes de Palmeira Juçara serão lançadas por pilotos durante Voo Livre em Alfredo Chaves

Mais de 300 mil sementes de Palmeira Juçara foram doadas pelo Instituto Capixaba ...

Mapa registra mais 20 defensivos de controle biológico, incluindo produtos para uso na agricultura orgânica

Em 2022 já foram registrados 36 produtos de baixa toxicidade para o controle ...

Evento em Vitória destaca a importância da agricultura familiar capixaba

A agricultura familiar é uma das responsáveis por contribuir com os alimentos que ...

Avião caracterizado de abelha decola em homenagem aos maiores polinizadores do planeta

Piloto de aviões agrícolas há mais de 40 anos, José Paulo Garcia fez ...