Prorrogada etapa de vacinação contra febre aftosa no Espírito Santo

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), em consenso com os representantes dos produtores rurais, solicitou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a ampliação do prazo para vacinação do rebanho contra febre aftosa, que terminaria na última segunda-feira (31). Os pecuaristas têm agora até o dia 15 de junho para realizar a imunização de bois e búfalos com até dois anos de idade.

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, o objetivo foi evitar aglomerações, por ocasião da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), nas revendas de vacina e nos escritórios do Idaf, além do pedido da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faes). “Temos também incentivado os produtores para que façam as comprovações on-line, sempre que possível. Contamos também com o comprometimento de todos, de modo que possamos manter o status sanitário do Espírito Santo como livre de febre aftosa, além de avançar na retirada da vacinação, prevista para 2023”, pontuou Louzada.

O gerente de Defesa Sanitária e Inspeção Animal do Idaf, Raoni Cezana Cipriano, lembra que, com a mudança na normativa federal, em 2020, a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA), durante a campanha, está condicionada à vacinação e atualização cadastral do rebanho. “No caso das explorações pecuárias que não tenham animais em idade vacinal, ainda assim, para emissão da GTA, a atualização cadastral é obrigatória”, explicou, Cipriano.

O médico-veterinário do Idaf José Dias Porto Júnior, responsável no Instituto pelo Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa, informou que, até o momento, foi registrado um percentual de 54% de comprovação de vacinação. “O número ainda é baixo, mas contamos com os responsáveis pelo rebanho para que garantam a imunidade de seus animais, fortalecendo seu patrimônio e a pecuária local”, disse Porto Júnior.

COMPROVAÇÃO – O prazo para comprovação da vacinação, procedimento que também é obrigatório, foi ampliado para o dia 15 de junho pelo site do Idaf ou até o dia 25 de junho por e-mail ou nos escritórios.

As vacinas podem ser adquiridas, apenas durante o período da campanha, em lojas agropecuárias cadastradas no Idaf.

Confira os novos prazos:

Vacinação: 15 de junho

Comprovação da vacina e atualização de rebanho pela internet: 15 de junho

Comprovação da vacina e atualização de rebanho por e-mail ou nos escritórios do Idaf: 25 de junho

Fonte: Idaf-ES

Últimas notícias

Coops já podem enviar projetos para o PAA

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) liberou o sistema para recebimento dos projetos ...

Selo Arte para produtos de abelhas e derivados terá início em outubro

Podem receber o Selo produtos artesanais de abelhas Apis mellifera e de abelhas ...

Você conhece a Doença de Haff? Mapa monitora casos no Brasil

Orientação é que consumidor adquira pescado com selo de inspeção oficial O Ministério ...

Fórum Café e Clima apresenta condições da produção diante dos impactos climáticos

Como os cafezais estão reagindo diante do comportamento do clima, marcado por seca, ...

Bolsonaro veta projeto sobre medidas emergenciais de amparo à agricultura familiar

Foto: Veja O presidente Jair Bolsonaro vetou um projeto de lei sobre medidas ...